Glórias a Deus! Dmitry Shestakov é liberto da prisão

Category:

Reações: 

Desde que conheci o trabalho da Missão portas abertas, há mais ou menos 3 anos atrás uma das primeiras notícias que vi foi sobre a prisão desse pastor. No primeiro DIP que realizamos nossas orações foram voltadas pra ele. Já no segundo DIP oramos pela Helen da Eritréia que hoje já está liberta também pra glória de Deus e muitas respostas como essa temos visto. Hoje muito me alegro em ver mais essa vitória ganha em oração! Que o Senhor guarde nosso irmão e que agora mais ainda do que antes ele seja usado pelo Senhor para ganhar outras vidas em seu país! 

   
 
Pastor Dmitry Shestakov  
UZBEQUISTÃO (9º) - Exatamente quatro anos após sua prisão em 2007, as autoridades libertaram Dmitry da penitenciária Navoi em 21 de Janeiro de 2011 às 3h [hora local]. Sua esposa, filhas e alguns representantes da igreja de Andijan estavam no portão da prisão para recebê-lo!

"Estou extremamente alegre por conta de toda a atenção que recebi depois que fui solto. Gostaria de agradecer a todos os meus irmãos e irmãs que têm orado por mim e que pensaram em mim enquanto eu estava preso", compartilha Dmitry com um dos colaboradores da Portas Abertas Internacional.

O pastor Dmitry (David) Shestakov tinha 38 anos quando foi preso, em 21 de janeiro de 2007. Ele era pastor da igreja do Evangelho Pleno em Andijan, no Uzbequistão desde 2003.

Clique aqui e conheça a sua história.

Oração e Libertação

Durante a prisão de Dmitry, a Portas Abertas pediu oração e esteve envolvida em defesa dele, além de lançar uma campanha de cartas para incentivar sua família e oferecer apoio prático a eles.

A libertação de Dmitry foi gravada em vídeo pela penitenciária, e seu advogado não teve permissão para assistir a cerimônia.

Dmitry saiu pelo portão, usando roupas típicas de prisão (casaco preto, calças e boné) e foi recebido por sua esposa e suas três filhas. Todos choraram. A família ficou muito feliz ao ver seu marido e pai.

De certa forma, eles agora estão recomeçando e poderão construir um novo futuro juntos como uma família.

Dmitry é um pastor evangélico afiliado à igreja Evangelho Pleno em Andijan, que é oficial e já recebeu o registro do governo, mas que  ainda enfrenta forte pressão e tem que lidar com muitas dificuldades.

"Apenas dois membros da igreja estavam lá para levar Dmitry do campo de trabalho para casa. Ninguém se atreveu a vir, porque têm medo de atrair atenção devido à sua ligação com Dmitry,” declara um colaborador do campo.

Embora o pastor esteja muito agradecido e feliz por ser libertado, ele também sofre no momento. Sua mãe faleceu no dia 24 de janeiro, apenas três dias após a sua libertação.
"Eles puderam se encontrar antes de ela falecer. Isso é algo gratificante”, compartilha o colaborador da Portas Abertas. "É uma mistura de sentimentos. Ele está livre e feliz com a sua libertação, mas, ao mesmo tempo, tem que lidar com a dor."

Dmitry diz que está ansioso e otimista quanto ao futuro. No entanto, as coisas não serão fáceis para ele. Devido à regulamentação legal, a primeira coisa que deve fazer é se registrar em algumas delegacias de polícia locais de Andijan.

De acordo com o colaborador da Portas Abertas, há muitas restrições para Dmitry. "Ele não tem permissão para mudar de cidade com sua família, por exemplo. Uma vez por mês deve ir à delegacia para informar que ainda está na região. Dmitry também terá de conseguir um emprego. Ele está autorizado a viajar, mas tem de estar de volta em determinados momentos."

O cristão também precisa ser muito cuidadoso quanto às suas atividades já que tudo o que ele faz será estritamente controlado. "Isso inclui as pessoas com quem mantém contato, o que diz, para onde irá etc.", declara o colaborador.

Dmitry foi advertido pelo Ministério Público de Andijan a não cometer qualquer crime religioso novamente. Depois de duas violações dos requisitos, um novo caso será instaurado contra ele. A sentença será muito mais grave do que a dada pelo juiz anos atrás.

"Eu fui obrigado a seguir as diretrizes e os rígidos regulamentos", compartilha Dmitry. "Eu sou um pastor e quero servir a Deus, mas tenho que encontrar uma maneira sábia de fazer isso."

Pedidos de oração

• Ore pela segurança de Dmitry e sua família. Ore para que eles sejam capazes de lidar com o que aconteceu com ele.
• Ore pela saúde de Dmitry. Ele sofre de problemas cardíacos, pressão alta e problemas com o fígado.
• Ore pelo futuro do ministério de Dmitry. Ore para que ele tome as decisões corretas.

Tradução: Carla Priscilla Silva



Fonte: Portas Abertas
 
O número ao lado do país indica a sua posição na classificação de países
por perseguição

  Outras notícias sobre
Uzbequistão (9º)
15/7/2010 Prisões, ameaças e multas
4/6/2010 Organizações temem pela liberdade religiosa no país
28/3/2010 Cristãos enfrentam muitos obstáculos para pregar o evangelho
23/11/2009 Cristãos e muçulmanos são perseguidos, presos e multados
13/11/2009 Autoridades querem interromper atividades batistas

Outros locais
27/1/2011 Pastor iraniano é preso pelas autoridades locais
27/1/2011 Cristãos lutam por direitos funerários
26/1/2011 Igreja Perseguida clama pela compaixão dos irmãos
26/1/2011 Cristãos são ameaçados a se converter ao islã
26/1/2011 Egito culpa grupo militante Al Qaeda pelo bombardeio do ano novo


 
  Buscar em todas as notícias
 
 

Comments (0)