Orissa - Um ano depois (Vídeo)

Category:

Reações: 

Cristã é morta por não usar vestimenta islâmica

Category:

Reações: 


 SOMÁLIA (5º) - Três homens mascarados, pertencentes a um grupo islâmico na Somália, balearam e mataram uma cristã que se recusou a usar véu, como é requerido pelos costumes muçulmanos.
Integrantes do grupo relativamente “moderado” Suna Waljameca mataram Amina Muse Ali, 45, no dia 19 de outubro, em sua residência em Galkayo, na região autônoma de Puntland. Foi o que informou uma fonte local. mina disse aos líderes cristãos que havia recebido diversas ameaças de integrantes do Suna Waljameca por não usar véu, um símbolo do islamismo. Ela disse que os membros do grupo estavam monitorando seus movimentos porque suspeitavam que ela era cristã.
A fonte conta que Amina ligou no dia 4 de outubro dizendo: “Minha vida está em perigo. Fui alertada que enfrentaria graves consequências se continuasse a viver sem o véu. Eu preciso das orações dos meus irmãos”.

“Eu fiquei chocado quando soube que ela havia sido morta. Gostaria de tê-la levado para minha casa. Perdemos uma cristã muito servil”, disse a fonte.

Amina foi de Galkayo para Jilib, a 90 quilômetros de Kismayo, em 2007. Ela foi para Puntland em resposta ao convite de uma amiga, Saynab Warsame, do clã de Darod, quando o grupo extremista al Shabaab invadiu Kismayo. Warsame nasceu lá e morou em Jilib, mas se mudou para Puntland quando a guerra começou em 1991.
Não se sabe se a amiga tinha conhecimento sobre a conversão de Amina ao cristianismo. “Ela não deveria saber, porque não era cristã.” Em 1997, Amina, órfã e solteira, entrou para a Associação de irmãos cristãos somalis e era membro de uma igreja não registrada na região de Lower Juba.

Tradução: Missão Portas Abertas

Pastores são atacados e presos durante reunião de oração

Category:

Reações: 


ÍNDIA (22º) - Um grupo de radicais hindus atacou três pastores, uma mulher e uma criança no domingo, 18 de outubro, durante uma reunião de oração em uma igreja doméstica em Hyderabad, Estado de Andhra Pradesh, Índia. No domingo, os cristãos realizavam uma reunião de oração na pequena casa de Siluvai Kumar. Cerca de 40 pessoas estavam presentes. Por volta das 9h, um grupo de radicais hindus invadiu a casa e começou a agredir os cristãos. Os pastores Felipe, 39, Timóteo, e Siluvai Kumar ficaram gravemente feridos. O pastor Timóteo teve um ferimento sério em sua orelha esquerda. Os radicais também agrediram a esposa do pastor Felipe, Kézia, que está grávida, e sua filha Hepziba, de 18 meses. Os radicais pegaram todas as Bíblias que conseguiram, as destruíram e jogaram fora. Eles também danificaram os instrumentos musicais, tambores, portas de metal e janelas da casa. Então, os homens levaram o pastor Timóteo para a delegacia de Kukatpally, onde prestaram uma queixa falsa contra ele, alegando que ele havia urinado nos ídolos de um templo próximo. A polícia prendeu o pastor. O coordenador da organização Global Council for Indian Christians levou os feridos para o hospital e depois foi até a delegacia para intervir no caso dos pastores presos. Logo depois, a polícia liberou os cristãos.

O chefe de polícia tentou estabelecer um acordo entre as duas partes, e até ameaçou os homens com graves conseqüências se o ato se repetisse. Ativistas hindus já haviam alertado os pastores para não realizarem reuniões de oração na área. O pastor Felipe trabalha nos bairros pobres há anos.

Ore pelos pastores, suas famílias e ministérios. Ore também pela região de Kukatpally, para que os cristãos estejam em segurança e para que muitos conheçam o amor de Cristo.

Tradução: Missão Portas Abertas

PODES CRER?

Category:

Reações: 


''Credes que eu posso fazer isso? ... Seja feito conforme a vossa fé.'' Mateus 9:28a; 29b

Como nossa fé pode ser medida? A Bíblia relata que Deus deu a cada um uma medida de fé, porém esta medida não permanece inalterável para sempre. Ela cresce a medida que é exercida. Os milagres acontecem devido ao tanto que podemos crer. No diálogo de Jesus com os dois cegos do texto acima, Ele faz a mesma pergunta para  ambos, mas o resultado poderia ter sido diferente para cada um se um tivesse crido menos do que o outro. Será que em situações criticas, sem esperança, realmente temos fé para ver a mão de Deus se mover? Os olhos de ambos os cegos foram abertos porque eles creram no Deus que pode fazer tudo, mas antes mesmo de acontecer o milagre físico, seus olhos espirituais já estavam abertos. Os olhos da fé! Que possamos enxergar as respostas de Deus e os seus milagres através da visão sobrenatual que Ele nos tem dado. Se fixarmos nosso olhar nEle, que é o autor e consumador de nossa fé, o veremos abrir portas, derrubar barreiras e conceder inúmeras vitórias pelo seu poder. Que possamos ter sempre os olhos de quem CRÊ!

No amor de Cristo,
ESTER PAIXÃO