Conservados até a volta de Cristo

Category:

Reações: 

"Mas Cristo, o Filho de Deus, é fiel e é o responsável absoluto pela casa de Deus. E nós os cristãos, somos a casa de Deus Ele mora em nós - se conservarmos a nossa coragem firme até o fim, bem como a nossa alegria e a nossa confiança no Senhor." Hebreus 3:6
 
Que grande honra é sabermos que somos templo e morada do Espírito Santo de DEUS...Se cada cristão realmente entendesse isso em sua essencia e compreendesse o tamanho privilégio que tem, faria tudo para conservar esta morada habitada por Ele. A bíblia nos diz que nos últimos dias o amor de muitos se esfriaria...não é de admirar quantas vidas que já conheceram o amor do Senhor, experiementaram sua graça e viveram seus sonhos, hoje andam pelos seus próprios caminhos, amando o mundo e o que nele há, experimentando os seus prazeres e enganando-se a si mesmos...suas moradas hoje se encontram vazias, e tentam preenchê-las com a quilo que nem de lomge pode satisfazê-las. Por isso o autor de Hebreus diz que se somos casa de DEUS e se ELE mora em nós, conservaríamos três atitudes diante dos manjares oferecidos pelo mundo que nos rodeia:

1. Conservarmos a nossa coragem firme até o fim

A tentação é porta de entrada para o pecado e esta mesma porta de torna a saída do Espírito Santo quando o pecado é consumado. Toda a Bíblia nos orienta acerca de resistirmos as tentações, fugir delas e dominá-las. Caim é um exemplo a ser citado,  quando em seu coração foi gerado o desejo pelo que era mal. O próprio Deus chegou até ele e disse: "E o SENHOR disse a Caim: Por que te iraste? E por que descaiu o teu semblante?  Se bem fizeres, näo é certo que serás aceito? E se näo fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar." (Genesis 4:6-7) Conservar nossa coragem firme até o fim significa se manter fiel a DEUS em frente a uma tentação. É ser corajoso o bastante para negar aquele convite tão envolvente. É ser ousado para fugir quando sente que suas forças não estão suportando a pressão. É ter o temor do Senhor como seu guia. Atentemos para a questão ''até o fim'', muitos conseguem resistir aos primeiras tentações que aparecem em seu caminho e começam contar vantagem disso, esquecendo-se de que satanás é um ser sagaz e não devemos ignorar os seus ardis (2 Co 2:11) enquanto Jesus não voltar ele fará de tudo para derrubar aqueles a quem Deus escolheu, por isso a importancia de sermos corajosos e fieis até o fim. Ou seja, até a volta de Cristo quando satanás sejá lançado no lado de fogo e enchofre e já não mais poderá tentar os filhos de Deus. Vale ressaltar também que nem sempre a tentação vem da parte dele, mas muitos se colocam na posição de serem tentados, por isso vigilancia deve ser uma ação contante na vida do filho de Deus.

2. Conservarmos nossa alegria
"A alegria do SENHOR é a nossa força'' (Neemias 8:10) Se analisarmos esse versículo de Neemias veremos que ele diz para aproveitarmos bem o dia, pois o mesmo é um dia consagrado pelo Senhor. Se lermos todo o contexto desse versículo vemos que uma parte do povo chorava em vez de se alegrar, mas porquê isso? Porque Neemias havia lido a palavra do Senhor e alguns não estavam compreendendo o que era lido. Alguns estavam achando os mandamentos do Senhor muito pesados, e  em vez de se alegrarem com a vontade de Deus que era a melhor pra eles, choravam desesperados por causa da lei que aos seus olhos parecia rígida demais. Alguns lêem a Bíblia e os mandamentos do Senhor sem entender o motivo real pelo qual Deus os escreveu. Aqueles que permitem o Senhor controlar suas vidas jamais perdem a alegria de serví-lo e de andarem conforme a sua palavra, pois entendem que a vontade de DEUS é boa, perfeita e agradavel (Romanos 12:2) mesmo que a vontade Divina seja diferente da nossa. A bíblia também diz que o Reino de DEUS não é bebida nem comida...mas alegria no Espírito Santo (Romanos 14:17), muitos filhos de DEUS tem perdido a alegria por não terem seus pedidos materiais atendidos, mas não devemos fitar nossos olhos no que é terreno, pois a verdadeira alegria vem de Deus idependente de têr-mos ou não o que almejamos nesta terra. Conservarmos nossa alegria é ter a esperança da volta de Cristo em nossas vidas, e nos alegrar todos os dias por termos nossos nomes escritos no livro da vida!

3. Conservar a nossa confiança no Senhor

Muitos podem dizer: ''eu confio em Deus'', mas será? Será que realmente estamos confiando em Deus quando uma determinada situação aperta e queremos nós mesmos dar a famosa ''ajudinha a DEUS" ? Será que temos confiado todas as áreas de nossa vida literalmente a Ele? Confiamos as nossas vidas, mas esquecemos de confiar a Ele a de nossos filhos, confiamos nossos dízimos, mas queremos gastar o restante sem pedir sua direção, confiamos nossos casamentos, mas não confiamos a Ele nossas decisões..entendem como é fácil deixar de confiar? Conservar nossa confiança nEle também está ligado a compreendermos que seus planos são melhores e mais altos que os nossos.."Porque os meus pensamentos näo säo os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o SENHOR.Porque assim como os céus säo mais altos do que a terra, assim säo os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos." (Isaías 55:8-9). É aceitar sua decisão pras nossas vidas e deixar-mos Ele agir, mesmo que doa no momento, mesmo se não estivermos entendendo; é aceitar sua vontade. Por nossa confiança no Senhor nos aproxima dele (Naum 1:7), nos livra do mal (Salmos 17:7), nos faz experimentar sua bondade (Salmos 31:19) e acima de tudo nos torna inabaláveis ''Os que confiam no SENHOR seräo como o monte de Siäo, que näo se abala, mas permanece para sempre." (Salmos 125:1)
Se queremos que Deus habite em nós todos os dias de nossas vidas devemos permanecer nessas três coisas até a volta de Cristo e dizermos como o Apostolo Paulo disse aos Filipenses: 

 "Segundo a minha intensa expectaçäo e esperança, de que em nada serei confundido; antes, com toda a confiança, Cristo será, tanto agora como sempre, engrandecido no meu corpo, seja pela vida, seja pela morte." (Filipenses 1:20)

Comments (0)