Jovem cristã consegue fugir de cativeiro

Category:

Reações: 

PAQUISTÃO (14º) - Uma cristã que foi sequestrada, forçada a casar com um fazendeiro muçulmano e obrigada a se converter ao islamismo, conta que voltou para casa após semanas de “cativeiro e tortura”.
Sania James, 33, foi sequestrada no dia 5 de abril por homens armados que invadiram a casa de seus pais na pequena cidade de Rawat, próxima a Rawalpindi. Os criminosos disseram para o pai da cristã que ele só veria sua filha novamente se ele pagasse o empréstimo de 250 mil rúpias, mais juros de 30%, valor muito maior do que o combinado anteriormente.
Sania disse que os homens a levaram para o fazendeiro Mohammad Shahbaz Ali, e a forçaram a se casar com ele.“Eu fui torturada, forçada a me converter e a me casar”, conta Sania, que fugiu no início desse mês. Ela se recusou a se converter ao islã, e foi torturada diversas vezes.
“Uma noite consegui fugir e voltei para casa. Entrei em contato com grupos cristãos de direitos humanos, que me ajudaram.”Shahbaz Ali reagiu mal quando foi questionado sobre o incidente. “Eu me recuso a dizer qualquer coisa.” Os vizinhos que testemunharam o sequestro disseram que não puderam intervir.
“Fomos avisados por Shahbaz Ali que, se alguém tentasse ajudar os cristãos, enfrentariam graves consequências. Todos estão com medo.”
O sequestro aconteceu cinco anos depois de o pai de Sania, James Ayub, supostamente fez um empréstimo com Shahbaz Ali, seu chefe, para pagar o casamento de sua filha mais velha.
Ayub, que trabalhou na fazenda de Shahbaz Ali durante 20 anos, foi informado que os juros para o empréstimo seriam de 15%, mas o valor dobrou. Shahbaz disse para Ayub que sua família seria atacada se ele não pagasse o empréstimo em dois meses. Com pressa para arranjar o dinheiro, Sania James começou a trabalhar na fazenda com seu pai. Sania conta que ele foi “expulso da fazenda”, e depois ela foi sequestrada.
O pastor local Faraz Samson, que tentou mediar o conflito, disse que foi até Shahbaz Ali para acabar com “a injustiça, mas ele não deu ouvidos”.Esse sequestro não foi um incidente isolado, de acordo com ativistas. Eles estão preocupados porque muitas jovens e mulheres cristãs têm sido sequestradas, normalmente por disputas de terra e dinheiro.

Tradução: Missão Portas Abertas

Saiba mais sobre a Igreja Perseguida no Paquistão


Glórias a Deus que essa jovem foi lberta, cremos que essa já é uma resposta ao clamor levantado no DIP, oremos para que essa paz permaneça e Deus proteja a ela e sua famíla.

Com paixão pelas almas,

ESTER PAIXÃO